PORTAL OESTE NEWS

PORTAL OESTE NEWS
O QUE VOCÊ QUER PESQUISAR, VOCÊ ENCONTRA EM UM ÚNICO LOCAL, NO "PORTAL OESTE NEWS", A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DE MINHA QUERIDA E AMADA TERRA POTIGUAR, COM 12 BLOGS, 1025 LINKS, DOIS ORKUTS, UM TWITTER, UM MSN E UMA PÁGINA MUSICAL, TOTALIZANDO 1042 ENDEREÇOS ELETRÔNICOS NA WEB. CRIADO A 28 DE DEZEMBRO DE 2008, PELO STPM JOTA MARIA, COM A COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JOTA JÚNIOR # 100 % NORTE-RIO-GRANDENSE. ACESSE E CONFIRA!

RELÓGIO

STPM JOTA MARIA

STPM JOTA MARIA

Quem sou eu

Minha foto
SOU POLICIAL MILITAR DA RESERVA REMUNERADA DA GLORIOSA E AMADA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, EXERCI A FUNÇÃO DE DELEGADO DE POLÍCIA NAS CIDADES DE APODI, FELIPE GUERRA,ITAÚ, RODOLFO FERNANDES, GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO, SÃO MIGUEL, DR. SEVERIANO, TENENETE ANANIAS E MARCELINO VIEIRA, ALÉM DE TER TRABALHADO NAS CIDADES DE MOSSORÓ, AREIA BRANCA, SERRA DO MEL, CARAÚBAS E PAU DOS FERROS. AMO A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E AMO AMO AO MEU PRÓXIMO COMO AMO A MIM MESMO. SOU TORCEDOR DO BARAÚNAS (MOSSORÓ) E FLUMINENSE(RJ, TENHO A POLÍCIA MILITAR DO MEU ESTADO COMO UMA VERDADEIRA MÃE, TENDO EM VISTA QUE FOI NELA QUE PUDE CRIAR MEUS FILHOS E APRENDER UM MONTÃO DE COISAS BOAS.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

JOÃO ULRICH GRAFF

Johan Ulrich Graff, um empresário suíço, rico, e cheio de idéias progressistas que aportou em Mossoró para instalar uma poderosa firma comercial, de importação e exportação de produtos regionais. Era a Casa Graff, fundada em 1868, com instalações próprias em prédios construídos em um grande terreno que fora comprado a Souza Nogueira pela elevada quantia de 500$000 (quinhentos mil réis). Para se avaliar o que significava esse valor para a época, basta dizer que o orçamento votado pela Câmara Municipal para o ano de 1867, não passava de 251$000 (duzentos e cinqüenta e um mil réis).
No dia 5 de dezembro de 1872 chegou a Mossoró o alemão William Dreffren, "vindo no vapor costeiro de Pernambuco, com destino a estabelecer nesta cidade uma casa de compra dos diferentes gêneros do país", como nos informa o jornal "O Mossoroense" datado de 8 de dezembro de 1872. Dreffren era "um tipo expansivo, curioso, vermelhaço, suarento como um barril de cerveja de Hamburgo", no dizer de Raimundo Nonato. Era a "William Dreffren", uma casa de compra de algodão, couro e finalmente de todo e qualquer gênero e produto do país.
Outro grande comerciante estrangeiro que se estabeleceu em Mossoró nessa época foi o francês H. Léger. O Armazém do Francês, como era chamado, anunciava em "O Mossoroense": "H. Léger, negociante, importador da praça de Pernambuco, avisa ao respeitável público, com especialidade aos Srs. Sertanejos, que acaba de abrir nesta cidade um estabelecimento de secos e molhados sob a firma de Léger & Cia., onde muito bem se pode servir as pessoas que quiserem prevenir de fazenda e molhados, garantindo-lhes não só um preço inteiramente razoável como também sinceridade".
Nos requerimentos dirigidos à Câmara Municipal com pedidos para manter portas abertas das casas comerciais, encontramos muitos outros estrangeiros, como se segue: Henry Admas & Cia. (francesa), Teles Finizola (italiana), Frederico Antônio de Carvalho (português), Conrado Mayer (suíço), antigo empregado das Casas Graff , que ganhando muito dinheiro nesse giro de negócio, veio a se estabelecer por conta própria em Mossoró, e muitos outros.
Segundo um levantamento feito pelo professor Vingt-un Rosado e publicado em seu livro "Andanças pela história de Mossoró", em 1871 existia em Mossoró 18 comerciantes estrangeiros. E esses estrangeiros, vindos dos mais diversos países do mundo, projetaram o nome de Mossoró para além-fronteiras, através dos produtos que eram importados e exportados por esses comerciantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário